Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

"Mãe e pai, lembra-te, eu sou apenas uma criança"

19.07.18 | Vera Dias Pinheiro | comentar
Aproveito que estamos em altura das férias e, em que a minha principal preocupação é que os meus filhos se divirtam e que sinta uma maior liberdade por comparação aos dias de rotinas, que reflicto sobre as exigências que colocamos “sem querer” numa criança. Sou (...)

Dão-se bem ou são irmãos? | As primeiras brigas

16.07.18 | Vera Dias Pinheiro | comentar
Bom… o melhor é falar das coisas como elas são, não é verdade? Pois, embora seja muito bonito dizer que os irmãos se adoram, que não vivem um sem o outro, que se completam e que entendem a linguagem um do outro, muito melhor do que os pais, por vezes, isto não (...)

A importância de apoiar os sonhos dos nossos filhos!

11.07.18 | Vera Dias Pinheiro | comentar
Eu e o meu marido tivemos infâncias diferentes e não apenas porque eu sou a menina da “aldeia” e ele o rapaz da cidade – alfacinha de gema, portanto. Há algo que nos diferencia e que tem muito a ver com a forma como vivemos a nossa infância. Ele, um menino mais (...)

No papel da madrasta... | Testemunhos reais #3

08.07.18 | Vera Dias Pinheiro | comentar
Hoje sou mãe, mas também sou madrasta. Para a minha filha - entenda-se enteada - hoje sou a outra mãe. Já fui a “boadrasta”, segundo ela, a palavra madrasta é feia e que lhe remete automaticamente a uma conotação malvada - acho que podemos culpar Hollywood e a Disney

A entrevista na creche e o turbilhão de sentimentos

06.07.18 | Vera Dias Pinheiro | comentar
No meu caso, a entrada na creche acaba por ser uma consequência natural e não uma necessidade, por assim dizer. Aliás, o momento surge até mais por uma necessidade minha, caso contrário em vez de entrarem agora na creche, esperaria que completassem os três anos e, (...)

Quase discuti com o meu filho por causa de roupa!

04.07.18 | Vera Dias Pinheiro | comentar
Quando não temos filhos e, quando estamos perante famílias com filhos e presenciamos as situações normais, é mais do que natural pensarmos de que forma iríamos reagir, se fosse connosco. É também muito natural que digamos, para nós, que quando chegar a nossa vez, (...)

Sabem qual é o verdadeiro luxo dos dias de hoje?

14.06.18 | Vera Dias Pinheiro | comentar
 Ontem dei por mim a reflectir sobre aquele que é o grande luxo dos dias de hoje. Talvez, porque, na terça-feira, tive mais uma consulta e porque ando determinada em colocar-me na ordem. Ou seja, acho que nunca estive tão preocupada com a minha saúde, ou melhor, nunca (...)