Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Por onde tenho andado e a fazer o quê, quando o tempo é pouco!

18.03.19 | Vera Dias Pinheiro

bruxelas

 

No sábado, comecei por tomar o pequeno-almoço ainda em Bruxelas num dos meus sítios favoritos de sempre, Le Pain Quotidien. O primeiro local onde o meu marido me levou na primeira vez que o visitei, um local que se tornou um hábito durante o tempo em que lá vive e que agora, passado tanto tempo, ainda está melhor! Cheio de variedades saudáveis, Bio e orgânicas, mantendo, claro, todas as outras gourmandise que adoramos que nos fazem salivar e às quais é difícil resistir.

 

Apanhamos o avião de regresso a casa, já com muita ansiedade, lá e cá. Eles já não percebiam porque é que os pais demoravam tanto tempo e nós, ou melhor eu, pois estou menos habituada a estas coisas, sentia-me verdadeiramente incompleta e uma parte de mim, não conseguiu aproveitar. Talvez porque também não íamos propriamente de férias.

Quando chegamos, aqueles primeiros minutos são intensos, os abraços são fortes, os beijos intermináveis e os mimos de uma doçura sem igual. Porra! Os filhos são mesmo parte de nós e nós deles… Mas com a ansiedade de não quererem mais separações e com o Dia do Pai à porta, prometido é devido e fomos preparar a surpresa para amanhã.

Quando cheguei à cama, aterrei. E o domingo foi um dia slow, longe do telefone, entre desfazer e arrumar as malas, organizar a casa e preparar mais uma semana, soube bem andar no anonimato… acho que hoje em dia já é quase assim. Passar um dia ou varias sem partilhar alguma coisa é quase como ter a sensação de sermos de novo apenas seres humanos com vida normais, anónimos.

Admito que soube bem!

 

Fiz tudo o que era preciso, ainda voltei a arrumar o escritório – passei horas a arrumar os brinquedos de uma semana inteira sozinhos com a avó - a mudar a disposição, no fundo, a tentar que a divisão da casa mais comum e usada por todos, mas, ao mesmo tempo, tão importante para mim, o escritório, se torne funcional e leve com a boa energia que se pretende. E o importante é que eu avanço sempre mais um pouco nessa direcção.

 

E, hoje, segunda-feira, uma semana de preparativos para o baptizado do Vicente e da Laura, não vai haver muito mais tempo para outras coisas. Viajar e trabalhar ao mesmo tempo foi duro, obrigou-me a ficar acordada até tarde todos os dias, a ter que estar sempre com o telefone da mão para não deixar nada para trás (valeu-me a hora de avanço em relação a Lisboa). Agora preciso realmente descansar, ou pelo menos, focar no que é realmente essencial.

 

No dia em que aceitei não fazer para alem do meu limite tornei-me uma pessoa muito mais feliz, acreditem. Minimizar aqueles dias em que andamos para alem da nossa capacidade de resistência, tem impactos grande em nos e na nossa saúde. Talvez por isso, aconteça que, por vezes, alguma coisa tenha que ficar para trás.

 

Esta semana que passou senti que isso aconteceu aqui com o blog. Escrevi pouco, mas teria sido humanamente impossível conciliar tudo nas 24h dos meus dias. Agora estou de volta, esta semana tudo será mais normal por aqui. Temos o grande acontecimento, é certo, mas estas cerimonias para mim são coisas intimas, pessoais, em que dou muito mais importância à forma como vivemos, ao momento que partilhamos uns com os outros, do que propriamente com a festa, os ornamentos e tudo isso.

Portanto, não esperem ver aqui posts com grandes dicas sobre o assunto, porque vai ser tudo muito mais simples e pessoal do que possam imaginar. 😊

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.