Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Os últimos dias de filho único

25.03.16 | Vera Dias Pinheiro
O tempo passa a correr... digo e escrevo isto tantas e tantas vezes, logo eu que, com tantas mudanças, me sentia uma afortunada porque, no "balanço final", tinha conseguido ter o tempo do meu lado que me permitia ter mais disponibilidade para desfrutar com calma do crescimento do Vicente.
Não sei quanto tempo falta para nascer o meu segundo filho, não sei quantos dias de filho único o Vicente terá e sinto que não tenho aproveitado tanto como tinha idealizado ou gostaria de ter conseguido. Sei que a adaptação deste, até agora, filho único, a ter um bebé em casa e ao facto de "se tornar irmão", é um processo que, como qualquer outro, vai tendo avanços e recuos. No final, porém, será, de certo, uma "prova superada" - talvez, seja tudo mais fácil para ele do que para nós...

Ontem ainda foi dia de escola, no entanto, decidimos ir buscar o Vicente mais cedo, estava um dia lindo de primavera e havia uma bola especial guardada no carro à espera de um dia como o de hoje. Não havia felicidade maior do que ter visto o seu pai e a sua mãe a ir buscá-lo juntos à escola, os olhos brilhavam, acompanhando o seu enorme sorriso!




Aquela bola especial, é especial porque não se joga com os pés, como todas as outras bolas que ele tem. Esta bola especial joga-se com as mãos... é uma bola de basquetebol.



Também dizemos, muitas vezes, que é preciso muito pouco para ver uma criança feliz e isso - também sabemos - é tão verdade!


Bom Dia a esta sexta-feira com sabor a fim-de-semana!


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.