Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

[O problema do açúcar e a falta de alternativas... ou não!]

13.07.15 | Vera Dias Pinheiro
Eu não sou fundamentalista da alimentação mas admito, no entanto, que gostava muito que as nossas crianças comessem menos açúcar, e que os chocolates, as bolachas e os gelados não servissem sempre de prémio quando estas se portam bem.Também gostava muito que nas escolas houvesse um maior cuidado com as refeições que são servidas, nomeadamente com os lanches que lhes dão (porque, para mim, é aí que está o maior perigo).
Quando o Vicente, a partir de um ano de idade, começou a comer de tudo, senti uma enorme responsabilidade por ter que o ensinar a comer de tudo, é certo, mas sobretudo a comer bem. Recuando à minha infância, talvez à vossa também, os meus pais não tinham preocupações a este nível, preocupavam-se que comesse a sopa toda e a fruta, a seguir às refeições, porém podia lanchar um bolo todos os dias, se fosse o caso. É, por este motivo, que eu travo uma luta comigo mesma e que tenho a ambição de um dia conseguir abrir um pacote de bolachas e comer apenas duas ou três e, a seguir, arrumá-lo na despensa, porque se começo a comer, não consigo parar. E debato-me com isso tanta vezes, que a solução é nem sequer tocar.
E, voltando novamente ao Vicente, aquilo que me move não é privá-lo de experimentar um chocolate ou um gelado, especialmente nesta altura do ano; aquilo que, para mim, é importante é que ele consiga crescer com a noção do que é a regra e o que são as excepções e que, em casa, coma o mais saudável possível. Porque bastou-lhe uns poucos meses a frequentar a creche, para que ele me começasse a pedir bolos e sumos, coisa que ele nunca tinha experimentado antes de ir para lá. Portanto, quando dizem que o açúcar vicia, vicia mesmo, sendo que o problema maior é o que ele representa para nós e para a nossa saúde ao longo da vida.
Não venho acrescentar nada de novo quando vos digo que o açúcar contém muitas calorias, vazias de nutrientes, e que é o responsável pelo aumento de peso (e, mais concretamente, que é ele o responsável pela acumulação de gordura na zona abdominal), mas talvez não estejamos (ou não queremos estar) despertos para o perigo que representa para a nossa saúde: é responsável por inúmeras disfunções, vicia (isto é, quanto mais consumimos mais vontade temos de consumir e em maiores quantidades) e que, em última instância, pode até causar doenças muito graves.
Também é verdade que o açúcar está presente em todo o lado, incluindo nas frutas e nos legumes, e que será praticamente impossível retirá-lo por completo da nossa alimentação. No entanto, a nossa atenção deve estar virada para os alimentos processados: para os cereais do pequeno-almoço, as bolachas do lanche, etc... e para nós próprios! Sim, ao não termos sido habituados a experimentar os alimentos no seu estado (e sabor) natural, passamos esses hábitos para os nossos filhos. Por exemplo, o leite que se bebe com bocadinho de açúcar ou com um bocadinho de chocolate, "para dar gosto", as galetes de milho ou arroz, que "como não têm sabor", preferimos as bolachas mais docinhas e, até mesmo, na forma como confeccionamos as refeições (a quantidade de sal, os caldos de legumes, etc...). Deste modo, a mudança para acontecer, tem que começar em nós, ao reeducarmos o nosso próprio paladar e, acreditem, isso vai lá pelo treino!

E, se duvidam das coisas que escrevo, não duvidem das receitas que partilho. Experimentem e deixem-se surpreender, porque o que é saudável também tem sabor e também é doce, como estas barras de cereais, perfeitas para o lanche de todos, em casa, na escola, no trabalho ou nos nossos passeios.


Barras de Cereais Homemade

Fonte: Aqui

Ingredientes:
2 chávenas 1/2 de flocos de aveia
1 chávena com frutos secos (nozes, avelãs, amêndoas...) ou de sementes (girassól, sesámo...) - ou um mix de ambos ao vosso gosto. 
Em caso de alergias ou se não gostarem, podem substituir por uma chávena adicional de flocos de aveia.
1/3 chávena de mel
1 chávena de fruta seca (passas, alperces, damascos...) - ou um mix ao vosso gosto.
1 chávena de sumo/compota de maça (100% polpa de fruta, sem adição de açúcar).

Preparação:
Pré aquecer o forno a 180 graus;
Num taça grande misturem bem o mel com o sumo/compota de maçã. De seguida, acrescentar a aveia, os frutos secos e/ou sementes e, voltem a misturar tudo muito bem;
Forrem o tabuleiro do forno com papel vegetal e disponham a mistura no mesmo;
Deixem no forno por 25 minutos. Por fim, deixem arrefecer por completo e cortem em 12 barras.

Estas barras de cereais duram até uma semana, mas não se esqueçam de guardar num recipiente bem fechado.

Bom apetite!!!




1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.