Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Life&Style | Já posso falar dos Óscares agora?

02.03.16 | Vera Dias Pinheiro

Já tudo se disse e se escreveu sobre a grande cerimónia dos Óscares, aquela cerimónia que eu nunca irei conseguir ver para além dos primeiros quinze minutos da passadeira vermelha. Já se falou dos vencedores, muito se disse dos vestidos (óbvio), sendo que já todas sabemos quem eram as mais bem vestidas, aquelas que estiveram "assim-assim" e as que, pelo contrário, acertaram completamente ao lado.

Porém, e agora que a poeira e o ruído já assentaram e que eu própria já tive a oportunidade de ver e ouvir mais ou menos tudo sobre essa grande cerimónia - a tal que nunca irei conseguir ver, a não ser que mude de fuso horário, claro - há algumas coisas que gostava de partilhar convosco, por terem sido aquelas que a mim me disseram mais.

1. O actor Leonardo DiCaprio venceu FINALMENTE o Óscar de melhor actor principal. 
E aqui acho que não vale a pena alongar-me, porque é praticamente unânime que foi justíssima esta atribuição e que o discurso do Leonardo DiCaprio só veio comprovar o seu carácter e a pessoa de valores que é.
Mas talvez pudesse partilhar com vocês que eram dele os posters que, durante a minha adolescência, estavam afixados no meu roupeiro (na parte de dentro - a única autorizada pelo papá e pela mamã); confesso, também, que comprei o CD da banda sonora do filme Titanic e que tenho visto praticamente todos os filmes que tem feito. Acho que continuamos numa espécie de paixão platónica, agora mais discreta, claro.


Fonte: Youtube (Disponibilizado pelo canal Conexão 92)

2. As grávidas que desfilaram na passadeira vermelha.
Gostos à parte, três mulheres lindas e super elegantes, cada uma no seu tempo de gestação. 



3. A atribuição do Óscar de Melhor Actriz Secundária.
Foi tão, mas tão merecido na minha opinião. Tive a (feliz) sorte de ter conseguido ver o filme "A rapariga dinamarquesa" um ou dois dias antes e, assim que o filme terminou, o nosso comentário foi de que, neste filme, a grande densidade dramática e a pessoa que mais nos tinha feito viver as emoções tinha sido a personagem da Gerda Wegener. 
Uma excelente actriz num papel secundário com honras de principal. Parabéns!


4. E, para terminar, a actuação da Lady Gaga.
Um poderoso momento que serviu de reacção aos abusos sexuais - de que a própria cantora foi alvo aos 19 anos - e que juntou a seu lado, enquanto interpretava o tema "Till it happens to you", outras vítimas de abusos sexuais.


(Re)ver actuação aqui: http://snpy.tv/215d9EO


E agora, só por curiosidade: quantos filmes nomeados aos Óscares conseguiram ver? Ou, melhor, quantas vezes ainda conseguem ir ao cinema? Por aqui, são muito poucas e tem que ser a sessão das 18h/19h... mas tarde que isso, é certo que adormeço.


Bom Dia.


*Todas as imagens usadas neste post foram retiradas do Google.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.