Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Foi Sempre A Abrir | Do nosso fim-de-semana #28

03.04.17 | Vera Dias Pinheiro
Foi um fim-de-semana daqueles: exigente e bem intenso, quer pelas coisas que tinha na agenda, quer pela importância de cada uma delas - e um bocadinho, porque talvez eu seja daqueles pessoas leva cada projecto demasiado a sério e, por isso, coloca um pouco de pressão em tudo o que faz.  

O fim-de-semana começava com uma acção na 6ª Edição do Style no Centro Comercial Alegro de Alfragide. Num dia totalmente dedicado à moda e ao estilo, foi-me proposto falar sobre moda infantil, desafio aceitei com muita alegria e que, para o qual, tive a companhia da Maria Ana Ferro, autora do blogue A mãe já vai e da Patrícia Saramago, psicóloga e autora do blog Com Bicharocos Carpinteiros. Apesar do nervoso, pois era a primeira vez a fazer algo do género, eu adorei a experiência. Falou-se de tudo um pouco, mas, sobretudo, numa sociedade cada vez mais virada para a imagem (e, consequentemente, para o consumo) e do instantâneo, houve uma grande preocupação em debater o papel dos pais e o uso do bom senso na hora de vestirmos os nossos filhos; na cedência às modas; na forma de gerir as birras e nas dicas para uma gestão equilibrada do seu guarda-roupa.

style

Aproveito para deixar aqui o meu agradecimento ao Alegro pelo convite, às minhas convidadas por terem aceite de imediato este desafio e as todas as pessoas que passaram por lá, algumas apenas para me dar um beijinho e apoio. 

Ah! E no meio de tudo aquilo, ainda hoje tempo para ser a capa da revista Vogue

capa de revista

Mas as emoções fortes deste fim-de-semana estavam longe de ter um fim. Terminada a tertúlia, foi mudar o chip para o modo mãe e de brithday planner da festa da Laura, que teve lugar no dia seguinte. Irei fazer um post apenas sobre a festa, mas devo dizer que aprender a delegar, a reconhecer quando não conseguimos tratar de tudo e a aceitar as ajudas que se oferecem, foi a minha grande conquista - sofria demasiado com as festas de aniversário. 

Porém, no domingo tinha ainda a Corrida Sempre Mulher - aceitei o convite da Corine de Farme, patrocinador oficial, antes de saber que coincidia com a festa da Laura e, no fim de aceite, tinha que ir. Foram 5 km em corrida pela primeira vez em muito tempo e superei quaisquer expectativas que pudesse ter. Foi bom e ficou a vontade de repetir, para já a mesma distância com o objectivo de melhorar o tempo. 

corrida sempre mulher
Levei uma amiga, só para o caso de, na hora, me dar a vontade de desistir.


Terminada a prova e festejado o sucesso, foi correr para casa - desta vez força de expressão apenas - para terminar os preparativos da festa, pois daí a umas horas estariam a chegar os convidados. 

decoração de festa
Alguns detalhes da decoração
zippy
Saborear o facto de ter uma filha a fazer anos na Primavera

Conclusão: terminei o fim-de-semana completamente de rastos, mas, ao mesmo tempo, com a sensação de dever cumprido, o que nos dá sempre algum prazer. No entanto, foi mais uma prova de que, depois de ser mãe, torna-se muito difícil levar uma tarefa até ao fim sem interrupções. É difícil não perder a concentração com tantos e tão variados motivos pelos quais somos interrompidos. Sinto-me sempre no limite a resolver tudo, muitas vezes, em cima do joelho e não da forma que queria; giro as urgências. E se juntarmos a tudo isto, o facto de trabalharmos em casa, os desafios elevam-se, assim como, a exigência. Juro que ontem ao fim do dia, a minha única vontade era a de me jogar no sofá e não pensar em mais nada... 

Ora, esta semana vai ser mais uma semana louca e assim os dias vão passando, mas quem corre por gosto, definitivamente que chega ao fim do dia com uma satisfação que não tem preço! 


E com isto, estou de volta!
Um beijinho e uma óptima semana para vocês.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.