Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Fim-De-Semana Em Cheio... Segunda-Feira De Trabalho Dobrado!

26.08.19 | Vera Dias Pinheiro

zwemvijver-boekenberg-deurne

Quando as segundas-feiras são tramadas é sinal de que o fim-de-semana foi bem aproveitado. É sinal de que estivemos pouco tempo em casa e, quando estivemos, foi o tempo exclusivo para as rotinas normais: banhos, refeições e pouco mais. E, de facto, com mais de 30 graus em Bruxelas, como acho que em Portugal e muitos outros países também, mas sobretudo por sabermos que é coisa rara por aqui e que nada nos garante que amanhã esteja a chover e temperaturas baixas, quisemos dar o nosso máximo em aproveitar o fim-de-semana fora de casa.

 

E foram dois dias completamente diferentes um do outro e com o mesmo objectivo: fugir do calor! No sábado tivemos um dia mais citadino e fizemos aquilo que 99% das pessoas que vivem em cidades sem o mar por perto fazem: estendemos a nossa manta na sombra de um dos vários parques que existem. E a única forma de nos refrescarmos e, sem vergonhas, pois vale tudo, até biquíni para bronzear. Já tinha vivido uma experiência semelhante em Trieste, durante o Erasmus, onde acontecia o mesmo, cada metro quadrado de relva e sol eram aproveitados para banhos de sol em dias mais quentes e solarengos.

 

E o que é preciso para um programa destes? Nada mais do que uma manta grande, snacks, água e algumas distracções para as crianças, como bolas de sabão, plasticinas e uma bola. Poderia dizer que eu levo um livro, mas é impossível ter mais do que cinco minutos concentrada e sem ter que estar de vigia no Vicente e na Laura. Sendo assim, nos poucos minutos que tenho, aproveito para fazer algo de que sinto igualmente falta: NÃO FAZER NADA! 😊

Parc du Cinquatenaire - Bruxelles

 

Foi bom, mas não é o mesmo sem ter água por perto... afinal se tenho o lado nórdico de gostar das regras e da organização, sou nascida e criado num país do sul da Europa, eu preciso de água e contacto com a natureza nestes dias de verão. Portanto, no domingo aventuramo-nos na descoberta das piscinas naturais da Bélgica. Optamos pela que nos mereceu melhor em termos de distância e recomendação de uma amiga. E foi bom! Esteva muita gente, porém como tudo é organizado não é aquele cheio que nos impossibilita de aproveitar. Com organização e regras todos se banham, todos apanham sol e todos aproveitam o dia de sol e calor. E eu gosto disso.

 

Mas vamos lá explicar como é que funcionam estas piscinas naturais que suscitaram alguma curiosidade quando partilhei no Instagram.

zwemvijver-boekenberg-deurne

zwemvijver-boekenberg-deurne

Nome: Biekenbergpark Zwemvijver

Localização: Deurne, Antuérpia (cerca de 42 km da cidade de Bruxelas)

Como funciona: existem duas piscinas naturais, uma para crianças e outra para adultos, com cerca de dois metros de altura e, portanto, só recomendo a quem souber nadar sem pé. Existe vigilância e se a afluência for muita, existem rotatividade nos banhos, que nesse caso, não são prolongados para além dos 15 minutos. Para entrar, só levamos mesmo a toalha e os chinelos e, meus amigos, toda a pessoa do sexo masculino tem que usar a “sunga”, justinha e em licra. Por aqui é mesmo assim! Não fomos preparados… ups! Mas compramos lá. Existem cacifos para deixar os objectos de valor, zona de duches e casas de banho.

Da parte de fora, têm relva, sombras de árvores e um parque infantil, pelo menos daquilo que nós exploramos.

zwemvijver-boekenberg-deurne

No final do dia, tínhamos cumprido com sucesso o objectivo de cansar duas crianças a entrar em estado hiperactivo com o facto de estarem há tanto tempo em casa de férias, eu de vestir o biquinho pela primeira vez e, assim, não dar este verão como “perdido” e de ter aquela sensação que temos a seguir a um dia de praia.

Foi um bom dia. Foi um bom fim-de-semana!

 

Mas com não há bela sem senão… a segunda-feira foi tramada! Muitas máquinas de roupa para fazer, outras de secar, roupa para dobrar, as compras da semana por fazer e a organização das refeições por tratar.

Ainda assim, nada disto é grave. É só um dia que tenho que correr atrás de prejuízo e para voltar a entrar na engrenagem. Não sei se acontece o mesmo com vocês, mas comigo, na vida em família com filhos e casa, sinto que para as coisas fluírem o melhor possível é preciso manter tudo engrenado e não deixar que nada se desvie muito para alem do caminho.

 

Ora este fim-de-semana deixamos que se desviasse muito, por isso, esta segunda-feira foi tramada, sobretudo porque não cansei os miúdos e isso paga-se caro - eheheheh

 

Boa semana!

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.