Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

Explicar o porquê deste "parênteses"

09.02.17 | Vera Dias Pinheiro
Ando a insistir muito no mesmo tema, eu sei! Mas é Fevereiro... vocês sabem que ele é teimoso e que, desta vez, eu resolvi ser ainda mais teimosa e tinhosa do que ele.
 
Os dias têm passado e sinto uma forte necessidade de voltar a encontrar aquilo que me trouxe até aqui, pois, por vezes, sinto-me a distanciar dos meus princípios e isso, progressivamente, tem me levado a algum conflito interno comigo mesma. Eu sempre consegui ter muito presente aquilo que não queria fazer, mesmo quando ainda não sabia muito bem qual seria o meu espaço num meio no qual já tanto se faz e tão pouco se pode inventar. 

Porém, a sensação de "ser mais do mesmo" aniquila a minha criatividade, faz-me procrastinar as coisas que tenho para fazer, desmotiva-me e acabo por perder o foco. E o meu estado do espírito é o meu combustível para escrever e quanto mais frágil ele estiver, mais difícil é conseguir conjugar as palavras numa frase, num paragrafo... num texto e eu recuso a pôr no "papel" coisas menos boas, porque escrever é também uma catarse, uma limpeza (da nossa alma). 

Este blogue está para durar, isso é certo. Há coisas bonitas a acontecer, umas para breve, outras nem por isso. No entanto, estamos a atravessar uma fase de mudança e de transformação. Só assim, irei conseguir ser ainda mais genuína e dar-vos o melhor de mim em tudo aquilo que faço. Porque é esse o meu compromisso: ser fiel a mim, ao meu mundo e à forma como eu quero transmiti-lo a vocês.


E decidi partilhar este estado de espírito, pois assim que me sentava ao computador para escrever estava a ser cada vez mais difícil que as coisas fluíssem naturalmente. Quis partilhar para não correr o risco de poderem sentir alguma desmotivação. Nada disso! Porém, todos os processos de transformação exigem que tiremos um tempo para nos centrarmos em nós próprios para conseguirmos fazer uma melhor conexão com o nosso "eu".  Sendo assim, é algures por aí que me encontro, mas deixem-se estar desse lado, porque eu tenho quase a certeza (assim eu o espero) que vão gostar tanto desta transformação quanto eu. 

E, pronto, desabafo feito, mãos ao trabalho. 

Boa tarde ❤





1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.