Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

4 Anos da Laura, uma festa de aniversário diferente!

Os convidados e as celebrações do aniversário em quarentena.

31.03.20 | Vera Dias Pinheiro

quarentena-festa-de-aniversário-frozen-quatro-anos

 

Foi no domingo, no dia 31 de março, que a Laura fez 4 anos o que nos obrigou a alguns improviso de última hora. Na verdade, até aqui nada de novo, pois não sou nada o tipo de pessoa que programa as coisas com muita antecedência – talvez, por isso esteja sempre mais ou menos preparada para reagir ao inesperado.

 

Porém, este ano era a primeira vez que a Laura se sentia ultra entusiasmada com o seu dia de aniversário e, por conseguinte, com a sua festa. Foi uma supresa, tal como a impossibilidade de lhe proporcionar um aniversário normal. Deparamo-nos com 95% das lojas fechadas e os prazos de entrega para compras online mais longo do que o esperado. Mas entreguei! O Importante era alimentar o seu entusiasmo sem deixar que os efeitos da Covid-19 afectassem o seu dia de aniversário. E assim foi!

Quando a alma não é pequena, a magia acontecesse!

 

Numa ida a um supermercado um pouco maior, poucos dias antes, o pai trouxe tudo aquilo que havia disponível, desde balões, às velas, à grinalda da Elsa, com pratos e copos a condizer e, pronto, tínhamos um tema e cores!

quarentena-festa-de-aniversário-frozen-quatro-anos

 

quarentena-festa-de-aniversário-frozen-quatro-anos

 

Na noite anterior, preparamos as decorações e uma bonita mesa de pequeno-almoço. E foi assim que começou o dia, com um belo brunch com tudo aquilo que ela mais gosta, desde os ovos mexidos, ao iogurte com granola e uma torre de panquecas que foi, digamos, o primeiro bolo de aniversário. Estava feliz e, ao mesmo tempo, intrigada como é que tudo aquilo tinha aparecido ali de repente.

quarentena-festa-de-aniversário-frozen-quatro-anos

 

Estivemos juntos na cozinha a preparar o pequeno-almoço. As crianças ficaram responsáveis pelo sumo de laranja, eu pelas panquecas e o resto partilhamos entre todos. De tarde foi o momento do bolo de aniversário e não se deixem enganar! Apesar de poder aparentar um aspecto elaborado e que para chegar até aqui tenha passado horas fechada na cozinha, a verdade é… não!

quarentena-festa-de-aniversário-receita-bolo-aniversário

 

  • Bolo de Aniversário:
  1. Um bolo de iogurte e um bolo de cacau (ambos feitos logo um a seguir ao outro e, portanto, saíram os dois praticamente ao mesmo tempo do forno).
  2. Acertei os diâmetros de ambos, para que ficassem iguais e cortei-os a meio. A ideia foi intercalar uma camada de bolo de iogurte com uma de bolo de cacau.
  3. Recheio do bolo entre camadas: “ganache de chocolate preto”, na verdade o que fiz foi aquecer uma lata de creme de leite e, de seguida, coloquei chocolate preto e sempre a mexer sem parar.
  4. Recheio do exterior do bolo: “ganache de chocolate branco". Fiz o mesmo processo, mas com chocolate branco. E o resto da decoração veio do supermercado. Na verdade, deixei queimar um pouco e daí o branco não ser assim tão branco.

No final, ficou bonito, saboroso e, inclusivamente, fiquei a pensar que tenho receita ideal para o bolo dos próximos aniversários, evitando a constante preocupação com quem faz o bolo, se é de saboroso, quanto custará.

Já vos disse que tive um orçamento de um bolo para o Vicente – básico mesmo – de 125€? Respeito muito o trabalho de todas as pessoas, porém são valores que saem completamento do meu orçamento.

 

Entretanto, quando partilhei que a Laura iria fazer 4 anos durantes estes dias de confinamento, senti a preocupação de algumas mães que vão passar pelo mesmo. Mães apreensivas na forma como tornar este dia especial e também com a questão do presente.

Pela minha experiência, posso assegurar que foi muito simples e que as crianças têm uma capacidade para se adaptar e aceitar o que lhes dizemos, pois, afinal, é em nós que elas confiam mais do que tudo no mundo.

 

O presente de aniversário não foi de todo uma preocupação da nossa parte. Sinto que os nossos filhos já nasceram numa era em que há muito de tudo e a toda a hora e, por isso, acabam por receber “miminhos” com muita facilidade e sem um motivo. Nesse sentido, o nosso esforço tem sido o de não associar os aniversários e o natal a mais coisas materiais. Procuro que tenha um dia feliz, à medida da vontade deles e que tenham as pessoas que mais gostam por perto. O resto é acessório.

 

ACS_1401 (1).JPG

 

Por outro lado, vivemos expatriados pela segunda vez, estamos habituados a colmatar a ausência física das nossas pessoas por outras vias, sobretudo, a aproveitá-las muito quando estamos juntos. Mas o que este aniversário nos veio mostrar é que as crianças não complicam e nem questionam. Elas adaptam-se e, consequentemente, desfrutam das situações genuinamente.

A Laura e o Vicente tiveram o dia inteiro com os amigos a entrar pela casa a dentro. Houve cartazes, bolos e muitas velas para soprar. E mais do que isso, houve uma capacidade incrível das crianças brincarem juntas como se os 2000 km não existissem.

Facilidades de já terem nascidos na era das novas tecnologias, talvez! O que importa é que se transmitirmos segurança aos nossos filhos, viver estes dias em confinamento não precisa ser sinónimo de isolamento daqueles de quem gostamos.

Portanto, se por um lado, este aniversário tem uma história para contar, por outro não acredito que tenha sido mais triste ou solitário que os anteriores.

 

UA-69820263-1

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.