Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As viagens dos Vs

Mulheres nutridas, famílias felizes

As viagens dos Vs

2020: Um Novo Ano, Uma Nova Década. Será Este Um Ano Auspicioso?

07.01.20 | Vera Dias Pinheiro

resoluções de ano novo agenda ano novo

 

Que comece 2020, uma nova década, o que para mim é, de certa forma, um bom sinal. Ainda assim, começo este novo ano sempre qualquer expectativa e sem qualquer resolução tomada. Pois, se há coisa que o ano que passou me ensinou é que ter a vida organizada, planear e definir atempadamente não nos torna auto-imunes ao revés da vida, ao imprevisto e ao mudar de plano de forma drástica.

 

O que, por seu lado, permite-me olhar para a frente de forma completamente limpa e livre, aberta a todas as possibilidades. Porém, gostava de cimentar alguns aspectos da minha vida, gostava que fosse um ano mais calmo em termos de mudanças, mais pacífico, para nos permitir abraçar as (grandes) batalhas que transitaram connosco para 2020, que seja um ano propício a colher frutos que eu sinta menos que tudo me é arrancado da alma, à custa de lágrimas e de sofrimento. No fundo, procuro alguma leveza e paz de espírito.

 

Hoje abri oficialmente a agenda para 2020 e arruma-se, desta forma, o ano de 2019. Encerram-se as contas, respondem-se aos e-mails, criam-se os novos ficheiros, anotam-se as ideias soltas e tenta-se, acima de tudo, iniciar este ano com o foco na direcção certa, num equilíbrio geral, comigo pessoalmente, com a família e com a casa.

 

Afinal, já se passou o primeiro semestre, viremos à página da “mudança, da instalação e da adaptação” para se usufruir (ainda mais) da nossa vida em Bruxelas. Estabelecer o espaço de cada um e o de todos. E para marcar esta viragem, fomos a Portugal alguns (poucos) dias, na verdade, fui à procura das minhas reservas de energia física, mental e emocional. Fui colmatar as saudades, tendo sido dias unicamente dedicados à família, com o aniversário do Vicente pelo meio. Entretanto, percebi que gosto cada vez mais de Santarém e que lá o tempo compensa, parece andar mais devagar, sendo melhor aproveitado. Tive a certeza que a minha casa ali é algo que farei questão de manter.

 

As saudades podem sempre aumentar após dias assim, contudo, regressei cheia de amor, de alento e coragem para prosseguir. O ano de 2019 invariavelmente marcou-nos a todos pela doença, o cancro mastestisado, uma espécie de sentença. E se a esperança de vida da minha mãe era de pouco meses, meses esses que dificilmente chegariam até ao Natal, a verdade é que ela não só chegou ao Natal como ainda entrou nesta nova década connosco. Portanto, a minha noção de tempo, como devem compreender, mudou drasticamente e a única coisa que eu sei é que, para 2020, quero ser ainda mais egoística com a forma como aproveito o meu tempo. E, desta forma, ficou igualmente mais fácil para mim dizer que não e sem qualquer peso na consciência.

 

Mas admito que esta serenidade perante tanta coisa pouco definida e algumas bem pesadas, tem sido alicerçada pelo exercício interior de ganho de consciência de mim e do presente, sem excesso ou filosofias apertadas, encontrei no Mindfullness a paz que andava incessantemente à procura. Foi dessa forma que me permiti gostar de mim e cuidar de mim como cuido de qualquer outra pessoa. Porém, para que eu esteja presente para os outros, eu preciso de me ajudar a mim em primeiro lugar. No fundo, descompliquei o enredo à minha volta, dediquei-me ao single-tasking e à sinceridade, deixar de agradar para me dar o direito de assumir o que quero e o que não quero.

 

Eu sei, para quem não está familiarizado com tudo isto, falar desta forma pode parecer simplesmente que me tornei uma pessoa egoísta, não é? Pois… ainda assim, se mais pessoas cuidassem da sua auto-estima, haveriam muito mais pessoas felizes e muito mais pessoas que não se importariam com a vida alheia.

 

Portanto, aquela festa e as listas a projectar um ano novo cheio de vigor, não existe. Existe sim, uma certeza, a de que estive a preparar-me para agora ser capaz de sentir o sabor de cada momento que 2020 me trará; para ser capaz de agradecer diariamente; para fazer das pequenas conquistas grande vitórias; para alinhar prioridades e, desejo eu, que assim se preencha um ano auspicioso não só para mim, mas para todos.

 

resoluções de ano novo agenda ano novo

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.